Grandes Cientistas

Grandes Cientistas

terça-feira, 25 de julho de 2017

Brasil teve 773 acidentes e 240 mortes em acidentes com redes elétricas em 2016



No ano passado, ocorreram no Brasil 773 acidentes na rede elétrica, que resultaram na morte de 240 pessoas. Os números constam de uma pesquisa divulgada segunda-feira (24) pela a Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee), segundo a qual, nos últimos oito anos, houve 1.244 mortes causadas por esse tipo de acidente. Para evitar novos casos, as distribuidoras lançaram nesta segunda-feira a 11ª Semana Nacional da Segurança - Campanha Uso Consciente de Energia Elétrica, voltada para alertar a população sobre os riscos de acidentes com a rede elétrica.

De acordo com os dados divulgados pela associação, o número de mortes passou de 381, em 2001, para 240 em 2016. No ano passado, o número total de acidentes foi de 773, sete a menos que os 780 registrados em 2015.

Acidentes em obras de construção civil e manutenção predial aparecem na frente com 80 casos; instalações elétricas clandestinas, os chamados gatos, vêm em seguida com 20 ocorrências. Logo depois, vêm acidentes durante a poda de árvores, 13 casos; oito durante a instalação de antenas de TV e cinco em brincadeiras de empinar pipa ou papagaio. Estas são as principais causas de tais ocorrências.

Os número mostram ainda que, de 2012 a 2016, cerca de 150 pessoas morreram, em média, em decorrência de acidentes com redes elétricas envolvendo as cinco pricipais causas.

Nenhum comentário: